Medicamentos e Suplementos nos Exercícios e Esportes

Medicamentos e Suplementos nos Exercícios e Esportes

Baixe o guia “Medicamentos e Suplementos nos Exercícios e Esportes”.

Casos de dopagem no esporte, na sua grande maioria, ocorrem quando um atleta ou praticante de atividade física utiliza substâncias não naturais no corpo que potencializam seu desempenho, aumentando sua força, resistência e velocidade. Essa prática pode acontecer de duas formas: propositalmente, com o objetivo claro de alcançar esses resultados, ou em consequência da ingestão inadvertida de fórmulas aparentemente inofensivas, cujo efeito colateral também pode render punições aos seus usuários.

Infelizmente, há vários registros de dopagem – nessas duas modalidades – durante disputas envolvendo competidores e membros de comissões técnicas. Por isso, fortalecer mecanismos que afastem essa ameaça de pistas e estádios configura um desafio e um compromisso com a ética.

Como parte integrante de comissões técnicas ou simplesmente como um profissional que acolhe pacientes em seus consultórios ou numa emergência de pronto-socorro, o médico pode ser importante agente de prevenção e de combate ao emprego inadequado de medicamentos e suplementos. Por isso, é relevante mantê-lo bem informado sobre esses riscos.

Para tanto, com o suporte dos integrantes da sua Câmara Técnica de Medicina do Esporte, o Conselho Federal de Medicina (CFM) elaborou este guia, cujo alvo principal são os médicos. De linguagem clara e didática, podendo ser consultado inclusive pelos próprios desportistas, este documento traz orientações adequadas sobre os riscos e limites a serem respeitados.

Como defensor da ética no exercício da medicina e em todas as circunstâncias, o CFM entende ser essa uma oportunidade de contribuir com o estímulo à adoção de comportamentos exemplares dentro e fora das pistas.

Medicamentos e Suplementos nos Exercícios e Esportes

Não há comentários

Poste um Comentário