Ortopedista Esportiva aposta na corrida e perde 25kgs

Ortopedista Esportiva

Ortopedista Esportiva aposta na corrida e perde 25kgs

Ortopedista Esportiva aposta na corrida e perde 25kgs

A Ortopedista Esportiva Dra. Ana Paula Simões começou a treinar aos 7 anos, a indicação do médico para praticar esportes devido uma bronquite, mudou sua vida. “Comecei a treinar no Clube Corinthians e havia uma equipe competitiva de natação. Eu que fui apenas para melhorar minha condição respiratória, em pouco tempo já estava na equipe competitiva de natação”.

Ortopedista Esportiva - Ana Paula Simões

Ortopedista Esportiva – Ana Paula Simões

Aos 10 anos Ana tornou-se campeã paulista da modalidade, recebendo assim ainda mais incentivo e patrocínio. Porém a época do ensino médio chegou e a escolha entre continuar como profissional no esporte, ou focar nos estudos também.

“Decidi pelo estudo, mas nunca parei os esportes. Meu irmão praticava judô e me mantive em movimento neste esporte. Inclusive venci competições, mas não tinha muita técnica, apenas força. As costas largas vindas da natação ajudaram com que eu me destacasse sendo uma judoca”, lembra.

Ortopedista esportiva

“Fui a primeira da minha família a fazer faculdade e escolhi medicina. Gostava de crianças e esporte, então no início fiquei na dúvida do que seguir, mas com o tempo ao observar a rotina dos especialistas, me apaixonei pela ortopedia e comecei a acompanhar o professor da minha faculdade em seus plantões de fim de semana. Ali fui me apaixonando e decidi seguir na área. Me formei em medicina especializada em ortopedia e depois fiz diversos cursos, voltados ao esporte”, conta Ana Paula.

Corrida e o emagrecimento

“O fato de ter sido atleta fez com que acabasse me destacando em diversos esportes, fora que nunca parei de me mexer. Mantive as atividades na academia, mas acabei engordando 25kgs”, diz. Neste momento, Ana Paula viu que precisava pegar pesado para perder peso.

Por ter praticado a natação não só como hobby, sua memória muscular não a deixava emagrecer. “Por mais que treine em alto nível, não consigo queimar na natação e foi aí que comecei a correr”. A Dra. foi convidada para participar de uma assessoria dentro de seu clube e não parou mais.

Ela já participou de provas nas distâncias de 5, 10 e 15 quilômetros, conquistando boas colocações e nos últimos meses também correu sua primeira meia maratona, no Rio de Janeiro. “Perdi peso e ganhei mais condicionamento para nadar. Na água consigo ajuda na parte cardiorrespiratória, por isso me dou bem correndo”.

Rotina

Ortopedista Esportiva - Ana Paula Simões

Ortopedista Esportiva – Ana Paula Simões

A correria sendo médica, mãe, atleta, colunista do Webrun e muitos outros “cargos”, fazem com que Ana não consiga dar sempre seu melhor, mas ela não desiste. “Tenho um filho de dois anos e agora estou grávida novamente. Busco me exercitar todos os dias da semana e mesmo isso hoje sendo um hobby, voltei a treinar pesado, competir e hoje sou Campeã Paulista Master de Natação”.

“A natação é ainda o que me dá mais prazer. Enquanto para outras pessoas o preferido costuma ser a corrida, eu aproveito as amizades e o incentivo nos treinos ao fazê-lo com alguém, já que na natação estamos sozinhos, sempre competindo contra o relógio. Em contrapartida há muito tempo para refletir, já que a concentração predomina. São esportes diferentes que aprendi a amar. Meu grande sonho é participar de um triathlon, mas agora vou esperar as crianças crescerem”, diz.

Profissão e paixão

“Escolhi a ortopedia esportiva justamente para trabalhar com o assunto que amo. Sempre pergunto para os pacientes se praticam esporte, essa é uma das primeiras questões ao chegaram para consulta. Se pudesse não prescrevia remédio, apenas atividade física e métodos que têm relação com esporte, para tratamento”.

Artigo Publicado Também em: Web Run

Leia o Artigo sobre: O que fazer para diminuir o pace da corrida?

Não há comentários

Poste um Comentário