Ossos a mais se desenvolvem nos pés e causam dores e incômodo na região

Ossos acessórios

Ossos a mais se desenvolvem nos pés e causam dores e incômodo na região

Ossos a mais no pé.

Você sabia que algumas pessoas tem ossos acessórios? Veja aqui quais são os ossos a mais comuns no corpo. A maioria dos livros de anatomia descrevem que o corpo humano tem 206 ossos. Isto pode ser verdade em geral, mas a realidade é que o número de ossos varia de indivíduo para indivíduo. Algumas pessoas têm ossos extras e a grande parte desta variação ocorre nos pés, que nessa região contam com cerca de um quarto dos ossos de todo seu corpo.

A maioria dos ossos adicionais no corpo são chamados de ossículos acessórios. Embora existam diferentes localizações possíveis para esses acessórios se desenvolverem no pé, vamos discutir os locais mais comuns:

Navicular ossos acessórios

Encontrar um não é incomum. Vê-se em aproximadamente 5% da população. Ela representa um dos dois centros de crescimento do osso navicular (ou centros de ossificação), a parte de cada osso que endurece a partir de cartilagem na infância. É encontrado na parte medial do pé, perto do osso navicular antigamente chamado de escafoide. Existem várias localizações e tamanhos diferentes que este ossículo pode assumir. Algumas vezes, o volume causa bastante dor na região.

O motivo mais comum dos dois centros não conseguirem se unir é um tipo de pé excessivamente achatado, (o pé plano flexível). Geralmente porque o maior tendão que evita o pé chato, o tibial posterior, se insere nesta parte do osso navicular. Se o pé desaba mais do que deveria, o tendão o puxa excessivamente, por vezes, evitando a fusão dos dois centros de crescimento.

A condição pode geralmente ser diagnosticado com raio-X ou tomografia óssea, e é preciso ter cuidado para diferenciar de outras condições (como fratura, certos tipos de artrite, e ruptura do tendão tibial posterior).

Para que a dor que resulta da pressão (atrito) entre o sapato e o osso regrida pode-se redistribuir o peso. Para a dor que resulta de uma tração excessiva do tendão tibial posterior, lança-se mão de imobilizar o tendão com bandagens ou órteses.

Envolvimento cirúrgico é reservado para pacientes não-responsivos, e geralmente envolve a remoção do osso navicular acessório. Se o tendão tibial posterior foi comprometido, pode ser necessário para redirecionar ou recolocá-lo. Se o pé é torto ou não funcionar normalmente devido a ser excessivamente achatado (plano), pode ser necessário endireitar ou realinhar o pé.

Ossos acessórios no pé.

Os Trigonum

Ocorre apenas em uma parte diferente do pé. Assim como o navicular acessório representa uma parte do osso que nunca se uniu com o osso navicular, o os trigonum é uma porção de osso (o tubérculo lateral) que nunca se fundiu com a porção principal do osso do tornozelo (tálus).

Esta condição é bastante comum – alguns autores relatam a sua presença em metade de todas as pessoas, mas os sintomas geralmente só se desenvolvem quando o fragmento ósseo do tornozelo interfere com o movimento articular.

Deve ser tomado cuidado para diferenciar a condição de um tubérculo fraturado (conhecida como uma fratura de Shepard) e tendinite de tendões que passam na região. O tratamento utiliza medicamentos anti-inflamatórios e injeções de esteroides, mudanças nas atividades (alguns movimentos e atividades causam sintomas mais do que outros) ou remoção cirúrgica do pedaço de osso acessório.

Peroneum

É um pequeno osso que, por vezes, é visto na borda do osso cuboide e está intimamente associado com o tendão fibular longo na lateral do pé. Ele está intimamente associado com o tendão fibular longo que se dirige ao redor e sob o osso cuboide, através da parte inferior do pé para a base do primeiro dedo do pé. O osso acessório ajuda a redirecionar a força do tendão fibular longo.

Deve ser diferenciado de um osso fraturado no cuboide. O tratamento raramente é necessário, pois estes ossos raramente são problemáticos. Eles podem ser removidos cirurgicamente, se necessário.

Vesalinum

O sistema operacional de os Vesalinum é bastante semelhante ao navicular acessório e os trigonum, só que ocorre em um osso diferente e em outra parte do pé. Neste caso, a condição ocorre na porção lateral (exterior), numa área conhecida como a base do quinto metatarso.

Mais uma vez, esta condição representa uma pequena parte do osso que não se uniu com o osso principal, neste caso, o quinto dedo. Deve ser tomado cuidado para diferenciar a condição de uma fratura do quinto metatarso e uma ruptura do tendão que fixa o osso nesta área.

O tratamento geralmente consiste no uso de medicamentos anti-inflamatórios, injeções de esteroides, órteses para reposicionar o pé e retirar a pressão da região que tem o osso a mais e mudanças nas atividades (alguns movimentos e atividades causam sintomas mais do que outros) ou remover cirurgicamente o osso.

Existem outras localidades de ossos acessórios não só no pé, mas também no corpo todo. Isso não impede de levar uma vida normal ou praticar esportes, basta adaptar a modalidade evitando o excesso de pressão e atrito na região onde se tem o osso a mais.

Artigo originalmente publicado em: Globo Esporte.

Tags:
31 Comentários
  • Lilian muniz silva
    Postado em 14:58h, 08 junho Responder

    Minha filha tem 8 aninhos e os dois pés dela o quinto metatarco cresceu dos dois pés e as vezes doi pode mim ajudar?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 19:50h, 10 junho Responder

      Olá Lilian! Cada paciente é único, preciso examinar seu filho! Marque uma consulta nos telefones aqui estão aqui no site. Será um prazer ajudar! Abraços!

  • Daniela
    Postado em 05:34h, 20 abril Responder

    percebi na minha filha um ossinhos no pe esquerdo . não consegui identificar que tipo e. Claro vou leva-la ao médico. ela tem 4 anos. tenho e Do de não ser so um osso acessório

    • Ana Paula Simões
      Postado em 15:38h, 22 abril Responder

      Olá Daniela boa tarde! Veja os telefones aqui no site e marque uma consulta para poder examiná-la. Será um prazer ajudar! Abraços!

  • Lucrécia de Souza Soares Teixeira
    Postado em 00:03h, 18 setembro Responder

    Boa noite Dr.
    esse foi o resultado da tomografia da minha mão
    gostaria de saber se é caso de cirurgia?
    se sim, gostaria de indicaca5de um cirurgião de mão no RJ.
    Desde já agradeço.
    sinais de osteopenia
    osteofitos marginais incipientes dos metacarpos e falange distais
    pequenos fragmentos ósseos junto a cabe8do 2° e 5○ metacarpos, podendo estar associados a ossiculos acessorios
    redução do 2° 3° 4° espaços
    articulares carpo-metacarpianos, com discretas pontes óssea entre o trapezoide e a base do 2° 3° metacarpos.
    partes moles sem alterações expressivas
    ausência de derrame articular significativas.

    • Ana Paula Simões
      Postado em 01:25h, 19 setembro Responder

      Nosso especialista em mão é o Dr Gustavo Campanholi. Ligue no telefone do Instituto Reaction (que está no rodapé do site) e agende uma consulta. Abraço!

  • Ieda
    Postado em 00:34h, 30 abril Responder

    Boa noite
    Dr.Paula Simões.
    Fui diagnósticada com presença de osso acessório trigono .
    Qual o tratamento para este problemas
    Existe a possibilidade de ter algum problema grave, como perder a mobilidade dos pés
    O que devo fazer.
    Obrigada.

    • Ana Paula Simões
      Postado em 14:47h, 30 abril Responder

      Olá Ieda, tudo bem? Cada paciente é único. Para te dar essa resposta preciso te examinar e entender as particularidades do seu caso. Por favor, veja os telefones aqui no site e agende uma consulta para tratarmos disso. Abraço!

  • Cinthia Oliveira
    Postado em 23:13h, 08 abril Responder

    Bia noite Dra. Ana. Conhece algum profissional especialista em pés no Ri de Janeiro? Tudo indica que tenho um osso acessório navicular. Fiz um raio x há alguns anos e apareceu este osso, e hj voltou a doer bastante.
    Obrigada

    • Ana Paula Simões
      Postado em 17:37h, 10 abril Responder

      Conheço sim:
      – Dr. Felipe Delocco;
      – Dr. José Cohen
      – Dr. Frederico carvalho

      Quando estiver em consulta, avise que fui eu quem indicou!

  • claudia sousa
    Postado em 02:08h, 28 janeiro Responder

    Boa noite Dra.Ana Paula,sou portadora de charco marie tooth,Quebrei o meu pé mais ou menos no meio como tenho charco nao posso engessar por muito tempo ele esta colando torto a possibilidade de me atrapalhar andar?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 16:32h, 28 janeiro Responder

      Olá Cláudia! Cada paciente é único. É difícil te dar um diagnóstico sem antes te examinar. Por favor, veja os telefones aqui no site e marque uma consulta para eu avaliar seu caso. Abraço!

  • Nilson Silva
    Postado em 15:03h, 03 junho Responder

    Olá Dra. Ana Paula,

    Eu fui diagnosticado com uma presença de osteofito em extremidade distal e medial da falange proximal do hálux esquerdo. Por favor me ajude a entender como eu poderia tratar este osteófito, pois sinto dores q deixei de praticar exercícios por conta disto.

    Obrigado!

    • Ana Paula Simões
      Postado em 23:57h, 18 junho Responder

      Lógico que ajudo!!
      Veja no site meus contatos para marcar a consulta.

  • Naiara Pereira
    Postado em 04:06h, 03 junho Responder

    Tenho o acessório navicular nos dois pés sinto muita dor nas solas dos pés incha muito e doi esses ossos será que posso operar ou não é preciso?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 23:56h, 18 junho Responder

      Lógico que pode!
      Segue meus telefones para que eu possa te examinar e conversaremos sobre isso e todas as suas dúvidas!

  • Mariana
    Postado em 14:47h, 29 abril Responder

    Boa tarde, eu tenho o osso acessório navicular , e sempre que fico muito tempo de pé ou corro muito e faço atividade física dói me .
    Deram me em solução parar sempre que essa dor começar e por voltaren e andar com uma meia elástica sempre que necessário.
    Também me recomendaram umas palmilhas para levantar a zona que me dói.
    Mas sinto que não posso levar a minha vida assim porque vai me influenciar em tudo queria saber se há mais alguma solução para este problema e em que consiste a cirurgia.
    Aguarda a resposta , obrigada

    • Ana Paula Simões
      Postado em 11:48h, 03 maio Responder

      Oi Mariana,
      Terei o maior prazer em te responder tudo isso na consulta (pela internet é impossível sem te examinar). Tem várias coisas que podem ser feitas. Mas cada paciente é um ser único e além de tocar em você preciso também ver exames de imagem na maioria das vezes.
      No meu site tem os endereços e telefones. Só ligar e agendar uma consulta escolhendo a localização e horário do seu maior conforto.
      Abraço!

  • Dany
    Postado em 04:02h, 16 abril Responder

    Olá Dra.
    Eu desenvoli um osso acessório perto do navicular do pé. E dói muito… Preciso saber se a cirurgia é perigosa. Obrigada.

    • Ana Paula Simões
      Postado em 18:21h, 17 abril Responder

      Oi Dany,
      Só posso responder por mim. Em nenhum dos MEUS casos tivemos complicações. Veja no site os telefones e agende uma consulta para conversarmos.

  • Flavio
    Postado em 01:31h, 03 abril Responder

    Minha namora nasceu com um problema nas pernas, ela tem uma certa deformaçao nas pernas e no pe, os tendoes dela nao desenvolveram, e ela sente dores ao ficar na ponta do pe ou forçar muito, gostaria de saber se esxiste alguma coisa q melhore isso, fisioterapia ou remedio, o problema vai alem disso mas esse seria o principio. Obrigado!

    • Ana Paula Simões
      Postado em 16:56h, 03 abril Responder

      Oi Flávio,

      Sim! Existem várias coisas que ajudam! Veja no site meus contatos para agendar sua consulta para eu passar mais detalhes.

  • CAROLINA
    Postado em 11:13h, 10 março Responder

    Bom dia, Doutora.
    Eu tenho no pé : Sesamoide do navicular proeminente, o ortopedista disse que é caso de cirurgia, mas pediu pra eu usar uma palmilha ortopedica com apoio do arco longitidiano, Como é a recuperação no caso se eu fizer a cirurgia e quanto tempo pra voltar as atividades normais?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 10:50h, 15 março Responder

      Oi Carol,
      Para te responder tudo isso preciso te ver, te examinar e analisar seus exames. Pela internet é impossível responder, pois o ser humano é muito especial e individual. No meu site tem os endereços e telefones. Só ligar e agendar uma consulta escolhendo a localização e horário do seu maior conforto. Aguardo seu agendamento.

      Abraço!

  • Kleia moreira
    Postado em 09:35h, 28 dezembro Responder

    Ola doutora!
    Pode me ajudar? Estou com uma dor no dorso do meu Pe, mais precisamente na lateral, uma dor que queima parecendo que algo caiu e lesionou o osso, mas nada caiu , não torci o pé e ele esta inchado e doe muito principalmente a noite quando passo as mãos parece que o osso cresceu parece um calombo muito estranho!!

    • Ana Paula Simões
      Postado em 11:05h, 29 dezembro Responder

      Oi Kleia,
      Terei o maior prazer em te ajudar sim! Agende uma consulta (pela internet é impossível sem te examinar).
      Tem várias coisas a serem feitas sim, mas cada paciente é um ser único e além de tocar em você preciso também ver exames de imagem na maioria das vezes. No meu site tem os endereços e telefones. Só ligar e agendar uma consulta escolhendo a localização e horário do seu maior conforto.

      Abraço!

  • Luciana Koga
    Postado em 01:56h, 16 novembro Responder

    Olá, Dra. Ana Paula.
    Sinto muitas dores no calcanhar, um diagnóstico anterior sugeriu esporão do calcâneo, porém, em resultado recente de radiografia diz que eu tenho ossículo acessório trigonum. A dor é tanta que as vezes não consigo pisar o pé, ou parece que ele “trava”, pode me orientar por favor?

  • Naiana elizeu
    Postado em 14:21h, 18 agosto Responder

    Minha filha tem onze anos!!
    Ela tem ambos os pés planos…ao decorrer do tempo passou a sentir muitas dores, e fui a um ortopedista e através de exames foi diagnosticado os seguintes “problemas”… Ossiculo navicular tipo 2, neuropatia de baxter e foi retirado tumor cartilaginoso no peito do pé… E continua a surgir volumes de ossos em ambos os pés tanto do lado de fora quanto o de dentro…o que podem falar em sobre isso?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 17:49h, 26 setembro Responder

      Lógico que posso falar! Segue meu telefone para agendar a consulta para que eu possa te examinar e ver todos seus exames: Telefone: (011) 2507-9021 e WhatsApp: (011) 94006-5262

  • João Lucas
    Postado em 06:36h, 17 agosto Responder

    Eu tenho um osso a mais na minha lombar,na parte da direita que força a coluna para a esquerda,procuro a respeito na internet mas não acho nada,poderia falar sobre?

    • Ana Paula Simões
      Postado em 17:49h, 26 setembro Responder

      Lógico que posso falar! Segue meu telefone para agendar a consulta para que eu possa te examinar e ver todos seus exames: Telefone: (011) 2507-9021 e WhatsApp: (011) 94006-5262

Post A Reply to Flavio Cancel Reply