A sola do meu pé dói ao caminhar: o que pode ser?

Independentemente da rotina, a dor na sola do pé afeta diversas pessoas, de sedentários a atletas. Pessoas que trabalham muito tempo de pé, praticantes de atividades físicas, ou até mesmo que realizam caminhadas leves, podem apresentar dores nessa região, o que pode ser bastante incômodo. Contudo, existe muita preocupação com as causas desse tipo de dor e como ela pode ser resolvida.

A dor na sola do pé pode ser causada por diversas condições, e mesmo que tenham o mesmo sintoma, podem ter origens distintas. Geralmente, os pacientes relatam além da dor, também o inchaço, formigamento e sensação de queimação. Esses sintomas podem atrapalhar muito a rotina e prejudicar a mobilidade do paciente.

Os pés acabam recebendo toda a carga e impacto do corpo durante as atividades do dia-a-dia, estando suscetível a diversas lesões e condições médicas. Dentre as principais causas de dor na sola do pé, podemos citar:

Fascite Plantar

Essa é uma das principais causas da dor na sola do pé, e ocorre com mais frequência entre pessoas acima dos 40 anos que trabalham em pé ou praticam esporte de impacto . Essa condição está bastante relacionada com o sobrepeso, com o uso de sapatos inadequados, e com a prática de esportes e atividades físicas de forma intensa.

A fascite plantar começa com microlesões na fáscia plantar, responsável por revestir os tendões. Essas células se regeneram com mais dificuldade, com a realização de exercícios repetitivos, a lesão costuma piorar gradativamente. A recomendação para o alívio dos sintomas, além das compressas de gelo, é manter uma rotina de alongamentos diários. Além disso, é muito importante utilizar calçados confortáveis e que possuam um bom amortecimento.

Mesmo assim se a dor persistir, você deve agendar uma consulta para individualmente subirmos o protocolo de tratamento 

Esporão do calcâneo

O esporão do calcâneo é caracterizado por uma calcificação do tendão do calcâneo, localizado na parte posterior do pé. Essa saliência acaba causando bastante dor, principalmente na região plantar. Essa lesão é ocasionada por uma sobrecarga de peso, impactos, uso de sapatos inadequados para a anatomia do pé, passar longos períodos de pé, entre outros fatores.

O médico ortopedista pode indicar o uso de palmilhas ortopédicas personalizadas para o alívio das dores, além de medidas físicas e fisioterapia além  de alongamentos diários. Muitos pacientes relatam uma melhora significativa com massagens localizadas. 

Existem casos onde podemos necessitar de intervenções médicas para tratar.

Metatarsalgia

A metatarsalgia é uma inflamação em um ou mais ossos (metatarsos) que compõem o nosso pé, localizados na região de apoio das pontas dos pés. Essa inflamação é desencadeada por diversas causas, como o pé cavo (quando o arco interno do pé é maior), artrite, artrose de metacarpo, joanetes, entre outras, podendo causar dor na sola do pé.

O tratamento é realizado com compressas de gelo, medicamentos anti-inflamatórios, calçados ortopédicos e fisioterapia. A intervenção cirúrgica só é recomendada para os casos onde o tratamento conservador não atinge os objetivos esperados.

Como aliviar as dores?

Além das compressas de gelo, é muito importante que o paciente tenha um hábito de vida saudável, mantendo uma alimentação balanceada e controle do peso. O uso de calçados adequados também é essencial para uma distribuição mais harmônica do impacto e evitar a ocorrência de lesões e dor na sola do pé.

Esse problema também pode ser causado por condições congênitas, como o pé plano, pé cavo , ou pisada incorreta. Nesse caso, além de tratar a causa da dor na sola do pé, é necessário que o médico identifique essas condições e forneça o auxílio ortopédico necessário para corrigir ou compensar essas condições.

Para pessoas que praticam esportes de impacto, é essencial contar com um profissional capacitado para acompanhar os treinos, ajudar e guiar para que os movimentos sejam realizados da melhor forma possível. Dessa forma, é possível melhorar as técnicas e movimentos para prevenir lesões e diminuir o impacto dessas atividades. 

A dor na sola do pé pode ser muito debilitante e impactar negativamente as atividades do dia-a-dia, trazendo muito desconforto e incômodo. Por esse motivo, é muito importante buscar ajuda médica sempre que algum sintoma foi sentido, principalmente se ele estiver atrapalhando a sua rotina e qualidade de vida.

Conte comigo, valente!

Deixe sua dúvida!

Dra. Ana Paula Simões
Médica do esporte, ortopedista e traumatologista, professora instrutora e mestre pela Santa Casa de São Paulo, especialista em medicina esportiva e cirurgiã do tornozelo e pé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Entre em contato!