Treinar de tênis é seguro?

Treinar de tênis

Treinar de tênis é seguro?

Treinar de tênis é seguro? Recebo diariamente atletas no consultório levando uma sacola de tênis para eu analisar juntamente com a pergunta: qual tênis devo usar? Qual é melhor pra mim?

Hoje chamei a especialista Fabiana Ferreira, para me ajudar a responder essa pergunta pra vocês.

Será que o amortecimento é essencial para redução de lesões? 

Os estudos atuais mostram que não podemos atribuir ao tênis a característica de prevenir lesões. E o que influi na tomada de decisão na compra do tênis?

A resposta é: Basicamente vai depender de qual o objetivo do treino e a sua necessidade específica no momento. Interessante né?  E tem mais coisa por aí. 

O nosso arco plantar é o primeiro ponto de estabilidade do corpo, e para recuperar qualquer disfunção que possa intervir na sua boa funcionalidade, fazemos treinos de fortalecimento e equilíbrio sim, DESCALÇOS!

Além de ter uma melhora na resposta proprioceptiva, esse aumento da estabilidade, gera um efeito positivo nas articulações adjacentes como o joelho e quadril, induzindo a redução de impacto!

Nossos pés são bem sensíveis a estímulos como vibração e pressão, tendo muitos receptores de tato que levam informação para o sistema nervoso central. Então, quanto mais informação, melhor é o movimento e equilíbrio do corpo.

Isso significa que, deixar de ter contato com o chão nos desconecta desse estímulo sensorial, podendo assim realmente enfraquecer nosso pé, tornando-nos suscetíveis a fasceites e tendinites.

Hoje, na corrida por exemplo, o maior preditor de lesão, é a força de aterrissagem ( impacto). Concordam que, nos treinos de corrida descalços, você sente a pancada do chão no pé, e seu corpo responde a isso?

É como um Feedback biodinâmico. Ou seja o que vale hoje para prevenir lesão é como você faz o apoio inicial na sua corrida, juntamente com a resposta a carga!

Pode-se dizer que são vários os benefícios do treino descalço, sendo eles integrados à várias modalidades que necessitam uma demanda estável maior. 

Mas é o amortecedor do tênis? Ele não é importante? 

Se quiser amortecimento de impacto na corrida, a física está aí para não nos deixar errar. Vamos fortalecer nossos músculos, em particular a panturrilha!

Que é uma mola maravilhosa amortecendo impacto e devolvendo energia no momento da impulsão.

Treinar de tênis pode, o tênis deve ser usado sim, sua pele agradece por manter afastados objetos cortantes entre outros acidentes similares indesejáveis.

A segurança que sente e quer sentir durante a prática de atividade física também nunca deve ser negligenciada. Esse é o “X” da questão, quais suas necessidades individuais.

Porém sempre que puder, tire o tênis, pise na grama, no tapete, sinta essa experiência, e não se esqueça, nunca deixe de procurar um profissional qualificado para organizar seu treino, só ele terá condições de pesar quais exercícios, sua intensidade, e quais variações devem ser mais indicadas, ressaltando a importância da especificidade das modalidades praticadas. 

E então, desmistificamos para você o treino descalço? Não tenha medo de fazer alguns minutos do seu dia. Descalços, passamos uma experiência diferente para o corpo, treinando o seu pilar de estabilidade.

Se estudos estão aí para nos ajudar, vamos pensar fora da caixinha! Lógico que nos casos de dores lembre-se de procurar um médico do
esporte. Ah e antes que esqueçamos a resposta desse texto:

Qual tênis é melhor para treinar?

O que você você se sentir confortável! Isso se chama filtro de conforto : teoria de Benno Nig, que vocês podem ler aqui: BJSM.

Bons treinos, valentes!!

Ana Paula Simões, médica do esporte, CRM 108667/SP
Fabiane Ferreira, personal Trainer, com especialização em Reabilitação de lesões e Doenças Músculesqueléticas na educação física. @fabiferreirapersonal

Não há comentários

Poste um Comentário