Movimento médicos atletas na carreira da Dra. Ana Paula Simões

Movimento médicos atletas na carreira da Dra. Ana Paula Simões

O dia a dia de um especialista em saúde está cheio de momentos que desafiam a rotina e principalmente os objetivos. Por isso, é muito importante que em meio a essa profissão, os médicos possam manter a saúde e cuidar não apenas dos seus pacientes. Foi pensando nisso que o Movimento Médicos Atletas surgiu e já vem fazendo da diferença na vida de tantos médicos e especialistas.

Para a Dra. Ana Paula Simões, Professora Instrutora e Mestre em Ortopedia e Traumatologia, e presidente da Sociedade Paulista de Medicina do Esporte (RQE: N°28753 – RQE:N°67412 – CRM: 108667), o esporte sempre fez parte da sua carreira. “A minha carreira foi toda voltada para o esporte, o tempo inteiro. Eu queria cuidar de pessoas que se machucavam com a prática esportiva”, conta a especialista. “Eu nem sabia qual a especialidade, mas queria cuidar do atleta e na medicina foi assim que eu me envolvi com o esporte”.

Apesar da presença do esporte na profissão, a ortopedista também precisa lidar com os desafios impostos pela carreira. “Essa é uma especialidade bem masculina, com uma predominância masculina. Fazendo até um paralelo com a engenharia mecânica por exemplo, as mulheres são minoria… Acho que na maioria das profissões que tem um predomínio masculino, a maior dificuldade é ser mulher e se impor”, comenta. “A mulher já é considerada a dona de casa e isso na Ortopedia é muito forte.

Quanto ao Movimento Médicos Atletas, iniciativa qual o Jornal do Médico é parceiro, Dra. Ana Paula acredita que o projeto seja uma injeção de ânimo para o público médico. “Se o médico que promove saúde e prescreve exercícios não der o exemplo, se não tiver saúde, como que ele vai poder orientar um paciente?”, questiona. “Esse movimento é um acordar, é fazer com que os profissionais da área da saúde acordem pra si. O movimento é um despertar pra vida”.

Sobre a prática de esportes no dia a dia, a ortopedista conta que desde criança já praticava natação devido as orientações pediátricas. “Foi assim que eu comecei, eu vi que eu tinha resultados… Acho que sempre gostei da sensação de tá competindo e da adrenalina de fazer parte do esporte”. Explica. “Ainda no colegial eu fiz judô, fui campeã paulista de judô e Depois, na faculdade, eu fui pra todos os esportes, Handbol, vôlei, basquete… Mas aí precisei parar um pouco por causa dos estudos e foquei só na academia.”

“Quando casei e tive meu primeiro filho, eu engordei 25 quilos. Foi muito difícil, porque vi que só com a natação eu não estava conseguindo voltar ao meu corpo de antes e então comecei em um grupo de corrida”, diz Dra. Ana Paula. “Hoje eu me descobri corredora, pois me desenvolvi bem rápido na corrida”.

Ainda a respeito da busca por um estilo de vida mais saudável, a especialista conta que o importante é começar, mesmo que com pequenos passos. “Nessa vida, se a gente não der os primeiros passos, seja pra uma dieta, seja pra uma atividade física, a gente não sai do lugar. Não tem que esperar a segunda feira, você pode começar agora”, afirma. “Com isso você vai comemorando cada objetivo que você atingir e então já vai traçando as próximas metas. Então minha mensagem final é essa: comece a cuidar de você”, finaliza. 

Dra. Ana Paula Simões é um grande exemplo de especialista em saúde que sabe se cuidar. Com uma carreira brilhante e a paixão pelo esporte, a ortopedista pode fazer a diferença não só na sua vida, mas também na vida dos seus pacientes.

Dra. Ana Paula Simões
Médica do esporte, ortopedista e traumatologista, professora instrutora e mestre pela Santa Casa de São Paulo, especialista em medicina esportiva e cirurgiã do tornozelo e pé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Entre em contato!