Edema ósseo (Contusão óssea): Lesão comum em atletas

Edema ósseo (Contusão óssea):Lesão comum em atletas

Edema ósseo é uma lesão de um osso menos grave do que uma fratura. As contusões ósseas são bastante comuns
em atletas. Podem acontecer com pessoas de todas as idades e modalidades. 

Qualquer tipo de osso do corpo pode sofrer edema ósseo ( do inglês – bone bruise). Outras lesões costumam acontecer junto com uma contusão óssea, como danos aos ligamentos próximos ou outras partes moles que o circundam.

O que acontece quando um osso é machucado?

O osso é feito de diferentes tipos de tecido. O periósteo é uma fina camada de tecido que cobre a maior parte externa do osso. Onde os ossos se unem, geralmente há uma camada de cartilagem nas bordas. O osso aqui é chamado de osso subcondral. No fundo (camada interna) do osso existe uma área chamada medula. Ele contém a medula óssea e o tecido fibroso denominado trabéculas.

Com uma fratura óssea, as trabéculas em uma região do osso podem estar quebradas. Mas, com uma contusão óssea, o edema (liquido inflamatório)danifica apenas algumas dessas trabéculas ou preenche os espaços causando até um aumento de volume. Uma lesão óssea pode causar acúmulo de sangue na área abaixo do periósteo. Isso causa um hematoma subperiosteal, um tipo de hematoma ósseo. Uma contusão ossea também pode causar sangramento e inchaço na área entre a cartilagem e o osso abaixo dela. Isso causa um hematoma no osso subcondral. Ou sangramento e inchaço podem ocorrer na medula óssea. Isso é chamado de hematoma ósseo intraósseo.

O que causa uma contusão óssea?

Lesões de qualquer tipo podem causar hematomas nos ossos.  Acidentes com veículos motorizados, lesões esportivas, ou quedas de altura podem causar esses problemas. Lesões por torção que causam entorses articulares também podem causar uma contusão óssea. 

Problemas de saúde como a artrite também podem causar hematomas nos ossos. Isso ocorre porque a artrite faz com que as superfícies ósseas se atritem. Mas o que vejo mais frequentemente no consultório são as lesões ósseas causadas por esporte impacto, erros biomecânicos e excesso de volume no treinamento. Tudo isso associado em alguns casos a problemas metabólicos.

Sintomas de contusão óssea

Os sintomas de um edema ósseo podem incluir:

  • Dor e desconforto na área referida
  • Inchaço na área e tecidos moles ao redor
  • Mudança na cor da área
  • Inchaço ou rigidez da uma articulação lesada

Essa dor costuma ser mais intensa e dura mais tempo do que uma lesão de tecido mole. A gravidade dos seus sintomas e a duração deles depende da gravidade da contusão óssea (do volume de osso afetado e dos tecidos envolvidos).

Diagnosticando um edema ósseo

Sempre pergunto sobre seu histórico médico e sintomas. Qual esporte pratica e devemos examinar a área lesionada cuidadosamente para verificar se há dor, hematomas e inchaço. Após anamnese e o exame, verificamos a necessidade de exames complementares.

Uma contusão óssea não aparece em um raio-X. Mas você pode receber um raio-X para descartar uma fratura cortical óssea. Uma fratura pode precisar de um tipo diferente de tratamento que o edema. 

A contusão óssea (edema ósseo) é uma lesão relativamente comum em um osso e é menos grave do que uma fratura óssea, resultando em lesão no osso em um nível microscópico, sem uma linha de fratura discreta ou visível na
radiografia ou imagens avançadas, como ressonância magnética ou tomografia computadorizada.

Tipos de tratamento

O tratamento para uma contusão óssea pode incluir:

  • Diminuir o impacto do osso ou articulação, incluindo muletas para suportar seu peso
  • Colocar uma bolsa de gelo na área várias vezes ao dia para diminuir o inchaço e a dor
  • Elevar a lesão acima do nível do coração para reduzir o inchaço
  • Tomar remédios para reduzir a dor e o inchaço, e suplementos como cálcio
  • Usar uma cinta ou outro dispositivo para limitar os movimentos, se necessário; muitas vezes, uma órtese é útil ao retornar ao esporte, pois a área é mais sensível ao contato até que esteja totalmente curada
  • A dieta é outra oportunidade para acelerar a cura. Semelhante às fraturas ósseas, a ingestão de uma dieta rica em cálcio, vitamina D e proteínas pode ajudar a curar contusões ósseas mais rapidamente. Em contraste, certos fatores atuam contra o atleta e retardam a cura de uma contusão óssea, como tabagismo e diabetes.

A maioria das contusões ósseas cicatriza lentamente ao longo de 4-8 semanas, embora isso possa variar consideravelmente com base na idade e saúde do atleta, bem como no tamanho e localização da contusão óssea. Em geral, uma contusão óssea maior pode levar mais tempo para cicatrizar.

Possíveis complicações de um edema ósseo

A maioria das contusões ósseas cicatriza sem problemas. Raramente as contusões ósseas são graves e muito grandes, e uma parte do osso pode morrer devido ao comprometimento permanente do suprimento de sangue. Isso é conhecido como necrose avascular ou osteonecrose do osso. Embora raro, é um importante motivo para buscar avaliação por um cirurgião ortopédico e acompanhamento até a resolução da lesão, com retorno ao esporte apenas
quando considerado seguro pela equipe médica incluindo médico, terapeuta e treinador.

Embora casos muito selecionados de lesões da medula óssea possam se beneficiar da subcondroplastia, deixamos os procedimentos mais invasivos em casos especiais.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato! Me segue lá no Instagram: @draanapsimoes

Bons treinos valentes!

Referencias:

1- Patel SA, Hageman J, Quatman CE, Wordeman SC, Hewett TE. Prevalence and location of bone bruises associated with anterior cruciate ligament injury and implications for mechanism of injury: a systematic review. Sports Med. 2014 Feb;44(2):281-93. doi: 10.1007/s40279-013- 0116-z. PMID: 24158783; PMCID: PMC3946752.

2- https://www.anapaulasimoes.com.br/fratura-por-stress/

Dra. Ana Paula Simões
Médica do esporte, ortopedista e traumatologista, professora instrutora e mestre pela Santa Casa de São Paulo, especialista em medicina esportiva e cirurgiã do tornozelo e pé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Entre em contato!